Sulfatos, parabenos e silicones fazem mal?

Sulfatos, parabenos e silicones fazem mal?

Conforme a gente foi ficando mais de olho nos ingredientes que usamos nos nossos produtos de cuidados pessoais, mais encontramos pequenos problemas na indústria cosmética, né? Entre os assuntos mais debatidos, o uso de sulfatos, parabenos e silicones é um dos mais falados. Esses ingredientes ainda são muito usados em shampoos, condicionadores, sabonetes e vários outros produtos de cuidados pessoais. Só que a verdade é que eles não são essenciais, nem a melhor opção pra gente e pro Planeta! 

Hoje eu vou te contar toda a verdade sobre os sulfatos, parabenos e silicones, e ainda te mostrar a melhor rota pra dispensar o uso desses sintéticos na sua rotina. Segue aqui!

Índice

  • O que são sulfatos, parabenos e silicones?

    • Por que evitar usar produtos com sulfatos, parabenos e silicones?

    • Sulfatos, parabenos e silicones são poluentes?

  • Como identificar se o produto usa sulfato, parabeno ou silicone?

  • Quais produtos não usam sulfatos, parabenos e silicones?


O que são sulfatos, parabenos e silicones?

Os sulfatos são agentes de limpeza poderosos que ajudam a criar espuma e a remover a sujeira e o óleo da pele e do cabelo. Os dois tipos mais comuns são o Lauril Sulfato de Sódio (SLS) e o Lauril Éter Sulfato de Sódio (SLES). Mesmo que sejam super eficazes na limpeza, eles podem ser agressivos, removendo não só a sujeira, mas também os óleos naturais essenciais, o que pode levar ao ressecamento e à irritação da pele e do couro cabeludo.

Já os parabenos são uma classe de conservantes bastante usados em cosméticos, produtos de higiene pessoal e até alimentos pra evitar a proliferação de bactérias e fungos. A principal preocupação com os parabenos é sua capacidade de imitar o estrogênio no corpo, o que pode levar a distúrbios hormonais e até riscos de câncer. 

Enquanto os silicones são polímeros sintéticos (sim, plástico!) que servem pra dar uma sensação de suavidade e sedosidade. Eles também são muito usados nos produtos de cuidados com a pele e o cabelo, principalmente em condicionadores, séruns e hidratantes. Mesmo que eles pareçam hidratar e deem aquela sensação de maciez ao serem usados, os silicones podem criar uma barreira que impede a penetração de nutrientes, prejudicando a saúde dos cabelos e da pele. 

Além disso, é bem comum que sensação de hidratação vá embora assim que o produto sai, pros fios isso até é chamado de “efeito de salão” — quem nunca saiu do salão de beleza com os cabelos perfeitos e depois da primeira lavagem descobriu que ele estava todo ressecado e quebrado? Provavelmente o profissional usou vários finalizadores cheios de silicone. Pra completar, o uso excessivo desse ingrediente pode causar acúmulo de resíduos, o que causa poros entupidos e cabelos pesados — o famoso efeito build up!

Leia mais: Como o shampoo sem sulfato melhora a qualidade do cabelo?


Por que evitar usar produtos com sulfatos, parabenos e silicones?

Evitar sulfatos pode fazer toda a diferença pra saúde dos seus cabelos e da sua pele, já que eles são bastante agressivos. Como citei antes, eles são eficazes na limpeza, mas podem remover os óleos naturais da pele e do cabelo, levando ao ressecamento e à irritação. Se você ainda lida com condições dermatológicas, como eczema ou couro cabeludo sensível, o uso de produtos sem sulfatos pode ajudar a manter a hidratação natural e a reduzir a inflamação e o desconforto.

Também citei no ponto anterior que estudos sugerem que os parabenos podem imitar o estrogênio no corpo, potencialmente levando a distúrbios hormonais. Essa pesquisa ainda está em andamento e os efeitos exatos ainda são debatidos na comunidade científica. Porém, a ligação entre parabenos e riscos aumentados de câncer, especialmente o de mama, já leva muitos consumidores a optar por produtos livres de parabenos como medida preventiva. 

Falando mais dos silicones, o uso prolongado deles pode levar a problemas de acúmulo. Esses polímeros formam uma camada oclusiva que pode impedir a penetração de nutrientes essenciais e dificultar a respiração da pele. E no cabelo, o acúmulo de silicones pode deixar os fios pesados, opacos e até mais oleosos. E aí aqui você entra em um ciclo vicioso: você lava mais os cabelos e a pele com produtos cheios de sulfatos que ressecam essas regiões > usa mais hidratantes com silicones que, além de não hidratam de verdade, ainda impedem que cabelos e pele absorvam nutrientes. Sua pele e seus cabelos ficam num misto de ressecamento e oleosidade excessivas, e você sem saber o que está causando esses efeitos.

Além de todos esses pontos, os sulfatos, parabenos e silicones ainda são conhecidos por serem poluentes. Então, além de poderem fazer mal pra nossa saúde de forma geral, eles ainda são péssimos pro Planeta! E aqui entra um ponto que eu gosto muito de falar: se existem alternativas naturais que são até melhores do que esses sintéticos, por que perder tempo usando esses ingredientes potencialmente nocivos?


Sulfatos, parabenos e silicones são poluentes?

Falando em poluentes, esse é um ponto super importante ao falarmos desses ingredientes sintéticos. Os sulfatos podem ser tóxicos pra peixes e outros organismos aquáticos, e sua presença na água ainda pode interferir na qualidade do ambiente e nos processos naturais dos ecossistemas. Já os parabenos podem persistir no ambiente e têm sido detectados em amostras de água e sedimentos. A bioacumulação deles na vida aquática pode levar a efeitos adversos na reprodução e no desenvolvimento desses organismos — ainda mais se considerarmos a cadeia alimentar, já que se organismos menores contaminados são consumidos por predadores maiores, todo o ecossistema é impactado.

E os silicones também não escapam dessa! Mesmo que sejam menos tóxicos do que outros ingredientes, eles são altamente persistentes no ambiente, não se decompõem facilmente e ainda podem se acumular em corpos d'água e sedimentos. Além disso, é bem difícil de remover eles nos sistemas de tratamento de água e eles ficam por muito tempo no meio ambiente, o que faz com que os silicones possam ter efeitos duradouros no Planeta.

Leia também: Mulheres estão mais expostas à poluição plástica.


Como identificar se o produto usa sulfato, parabeno ou silicone?

Chegou a hora de olhar pros rótulos dos produtos que você compra! Por mais que algumas marcas tentem esconder, dá pra identificar por lá se o produto que você usa tem parabenos, sulfatos e silicones. Pra identificar, procure por:

  • Sulfatos:
    • Lauril Sulfato de Sódio (SLS) ou Sodium Lauryl Sulfate.
    • Lauril Éter Sulfato de Sódio (SLES) ou Sodium Laureth Sulfate.
    • Sulfato de Amônio Lauril Éter ou Ammonium Lauryl Ether Sulfate.
    • Sulfato de Amônio Laur ou Ammonium Lauryl Sulfate.
  • Parabenos:
    • Metilparabeno ou Methylparaben.
    • Etilparabeno ou Ethylparaben.
    • Propilparabeno ou Propylparaben.
    • Butilparabeno ou Butylparaben.
  • Silicones — pra identificar silicones, procure por ingredientes com a terminação "cone", "conol" ou "siloxane":
    • Dimeticona ou Dimethicone.
    • Ciclometicona ou Cyclomethicone.
    • Ciclopentasiloxano ou Cyclopentasiloxane.
    • Amodimeticona ou Amodimethicone.

Quais produtos não usam sulfatos, parabenos e silicones?

Um dos principais tipos de produtos que evitam o uso de sulfatos, parabenos e silicones são os cosméticos naturais, já que são formulados sem o uso de químicos sintéticos agressivos. Além de serem mais gentis com a pele e o cabelo, eles também são mais amigáveis ao meio ambiente.

O movimento de clean beauty também tem bastante impacto nisso e ele tem ganhado muita força nos últimos anos. Ele promove produtos de beleza formulados com ingredientes seguros, naturais e livres de químicos tóxicos, como sulfatos, parabenos e silicones. Foca em transparência, sustentabilidade e responsabilidade social, priorizando a saúde do consumidor e o bem-estar ambiental. Porém, é importante dizer aqui que o movimento clean beauty não obriga as marcas a serem naturais, veganas e livres de crueldade animal. Uma marca pode ser clean e ainda assim usar ingredientes sintéticos, testar e usar produtos de origem animal.

As minhas barras trazem o melhor de todos os mundos: são naturais, veganas, livres de crueldade animal, adeptas do clean beauty e ainda totalmente zero plástico. Isso quer dizer que além de eu não usar nenhum desses ingredientes sintéticos potencialmente nocivos, minhas fórmulas ainda são muito mais seguras pra você e pro Planeta. A melhor parte é que eu faço tudo isso e ainda entrego produtos de alta performance que agem de forma profunda nos cabelos e na pele.

DEO04SH03CO01LB01BZ05

Meus shampoos em barra, por exemplo, possuem 5x mais ingredientes ativos do que os líquidos comuns e entregam resultados profissionais usando só ingredientes naturais. Isso faz com que essas barrinhas ajam de forma muito mais profunda nos seus cabelos, limpando sem ressecar e ainda tratando os fios durante a limpeza. 


Além dos shampoos, eu também tenho condicionadores, máscaras capilares, sabonetes faciais, corporais e íntimo, além de uma linha de desodorantes e um Lip Balm multifuncional. Ter uma rotina de cuidados pessoais livres de ativos sintéticos ficou fácil assim, né?

Compartilhe no Linkedin

Deixe um comentário

promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
edição limitada
ver todos os produtos