Autocuidado: Conheça os 4 pilares para incluir no seu dia a dia

O autocuidado está em alta, mas muitas vezes é encarado de forma superficial – porque, sim, ele vai muito além que alguns minutinhos de skincare antes de dormir! O cuidado com nós mesmo começa quando levamos a nossa atenção para o momento presente, entendendo verdadeiramente como estamos mental e emocionalmente. 

Dar uma pausa da rotina agitada é a chave "mágica" para que a gente crie um momento de autocuidao  e desenvolva nossa autopercepçãoQuando saímos do modo "piloto automático", encontramos um espaço para a observação e para o relaxamento.

E isso não deveria ser considerado um "luxo", algo reservado para ocasiões especiais, mas, sim uma prática diária essencial: afinal, quando desenvolvemos nossa consciência e autoestima, tomamos decisões mais sábias, nos comunicamos com mais eficácia e construímos relacionamentos mais saudáveis – com nós mesmos, com pessoas queridas e com o planeta. 



São muitos os motivos para deixar de se colocar de lado e criar uma rotina de cuidado pessoal. Mas antes de começar, é muito importante conhecer os quatro pilares principais do autocuidado. Assim, você poderá criar um "plano de ação" completo, priorizando diferentes aspectos que são fundamentais para o seu bem-estar. 

AUTOCUIDADO FÍSICO
O foco deste pilar é a busca de um estilo de vida com movimento e escolhas saudáveis. E, sim, isso inclui uma boa alimentação, beber muita água e fazer exercícios, mas o bem-estar físico vai além. Vale, por exemplo, observar outros aspectos, como o tempo de uso de telas, como computadores, TV e smartphones, uma vez que uso excessivo desses aparelhos também afetam na qualidade da nossa saúde.

AUTOCUIDADO EMOCIONAL
Quando se trata da saúde emocional, uma das melhores dicas de autocuidado é poder se envolver com as suas emoções de forma sincera. É comum tentarmos reprimir sentimentos considerados "negativos", como tristeza ou raiva, mas é importante que possamos processá-los para seguir em frente. Busque práticas que te conectem com o lado emocional, como escrever em um diário, por exemplo.

AUTOCUIDADO SOCIAL
Conectar e interagir com outras pessoas é fundamental para o desenvolvimento do nosso bem-estar e felicidade, afinal, somos seres sociais. Interagir com outras pessoas nos ajuda a entender que não estamos sozinhos, e que muitos de nossos problemas são também questões para outras pessoas – e isso, por sua vez, ajuda a combater sentimentos como solidão e isolamento.

AUTOCUIDADO ESPIRITUAL
Praticar a espiritualidade não significa seguir uma religião necessariamente. Ela consiste em estabelecer um contato e uma dinâmica com seus verdadeiros valores, e com as coisas que realmente importam para você. Momentos de reflexão, como meditar, apreciar a natureza ou ler livros, te ajudam a se conhecer melhor e a ter vivências mais plenas.


1, 2, 3… AÇÃO!


E esses são quatro pilares para pensar o autocuidado de forma integrada! Agora que você já os conhece, a grande pergunta é: está pronta para começar essa jornada?

Para te ajudar, criamos um checklist mensal de autocuidado para que você  acompanhe suas práticas no dia a dia. Clique abaixo e faça o download.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados