Por que escolher uma pasta de dente sem flúor?

Por que escolher uma pasta de dente sem flúor?

O flúor já é um clássico na nossa rotina de higiene pessoal, mas apesar de ser um ingrediente muito eficaz (e, spoiler, seguro!), talvez ele não seja a melhor alternativa pra todo mundo. Cada pessoa é única e isso também vale pra todo o universo que existe dentro da sua boca. E parar de usar flúor não quer dizer que você vai deixar sua boca livre pras cáries e outros problemas bucais surgirem. Você só precisa saber escolher a melhor pasta de dente sem flúor!

Ficou curiosa? Segue aqui que hoje eu vou te contar tudo sobre essa alternativa que pode ser mais suave e sustentável, além de te dar dicas de como encontrar a que mais se encaixa nas suas necessidades de higiene bucal!

Índice

  • O que é o flúor e qual seu papel na higiene bucal?

    • O flúor apresenta riscos pra saúde ou pro Planeta?

  • Quais os benefícios das pastas de dente sem flúor?

    • Perfeito pra quem tem sensibilidade!

    • Ingredientes naturais que substituem o flúor.

  •  Como escolher a melhor pasta de dente sem flúor?

    • Fique de olho no rótulo!

    • Certificações e selos de qualidade são importantes.

    • Na dúvida, fale com o seu dentista!

  • Revolucione sua rotina de higiene bucal: escolha Tabs Dentais.


O que é o flúor e qual seu papel na higiene bucal?

O flúor é um mineral natural encontrado na água, no solo e até nos nossos alimentos. Ele é o ingrediente mais usado nos produtos de higiene bucal por ter um papel crucial na prevenção de cáries. E você sabia que o flúor tem sido utilizado em produtos de higiene bucal desde a descoberta de seus benefícios na década de 1940? 

O principal benefício do flúor na higiene bucal é sua capacidade de fortalecer o esmalte dos dentes, já que ele ajuda a remineralizar o esmalte, deixando ele mais resistente aos ataques ácidos das bactérias naturais da nossa boca Esse processo de remineralização não só previne a formação de cáries, mas também pode reverter os estágios iniciais de deterioração dental.

O flúor apresenta riscos pra saúde ou pro Planeta? 

De uns tempos pra cá, os debates sobre o uso do flúor vem crescendo bastante. Algumas pessoas temem o uso excessivo e a intoxicação por esse mineral, enquanto outras falam sobre a poluição que ele pode causar no Planeta. Claro que, como qualquer substância, ele pode apresentar riscos se consumido em excesso. A fluorose dental, por exemplo, é uma condição causada pela ingestão excessiva de flúor durante o desenvolvimento dos dentes, resultando em manchas e descoloração do esmalte. Só que pra acontecer uma intoxicação, o grau de consumo deve ultrapassar a média diária de 5 mg, mas isso é bem difícil de acontecer. Todas as doses que recebemos de flúor no nosso dia a dia são calculadas pra que não aconteça nenhum prejuízo pra nossa saúde, então pode relaxar que o uso desse mineral é feito de forma segura, tá?

Já quando se trata de impactos ambientais, é importante destacar que a poluição por flúor não está associada ao uso de produtos de higiene bucal. As principais fontes de poluição de flúor no meio ambiente são as de atividades industriais, como a produção de alumínio, fertilizantes fosfatados e a queima de carvão. Essas atividades podem liberar quantidades significativas de flúor no ar, água e solo, causando efeitos adversos à fauna, flora e saúde humana. Mas tudo isso não tem nada a ver com a pasta de dente ou com o flúor adicionado ao tratamento de água, até porque esse é um mineral natural do nosso meio ambiente.

Quais os benefícios das pastas de dente sem flúor?

Um dos principais benefícios das pastas de dente sem flúor é a inclusão de ingredientes naturais que podem ser mais suaves pra pessoas com sensibilidades químicas ou alergias. Muitas dessas pastas de dente utilizam ingredientes como bicarbonato de sódio, extratos de plantas e óleos essenciais que são conhecidos por suas propriedades de limpeza e antibacterianas. 

Esses componentes naturais não apenas ajudam a remover a placa e prevenir o mau hálito, mas também promovem uma boca mais saudável sem os possíveis efeitos adversos associados a certos ingredientes sintéticos usados nas pastas comuns. Por isso mesmo que as pastas de dente sem flúor são a escolha de quem quer uma rotina menos poluente, mas é importante dizer que também existem cremes dentais com flúor que são sustentáveis. 

Perfeito pra quem tem sensibilidade!

Se você lida muito com a sensibilidade, as pastas de dente sem flúor podem ser a escolha ideal pra sua rotina, já que, como eu disse no tópico anterior, elas geralmente usam ingredientes suaves que ajudam a minimizar o desconforto sem comprometer a eficácia na limpeza. A sensibilidade dental pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo desgaste do esmalte, retração gengival e erosão ácida.  

Todos esses problemas podem ser agravados por alguns componentes sintéticos usados nas pastas comuns. O sulfato é um agente de limpeza muito usado em vários produtos de higiene, inclusive na pasta de dente. Apesar de ele realmente ajudar a limpar, ele é bastante agressivo e pode acabar comprometendo a saúde bucal, ao invés de ajudar a cuidar dela. Se você optar por uma pasta de dente natural e sem flúor, o risco diminui bastante.

Mas claro, nem todas as pastas sem flúor são naturais! Pra garantir que você está escolhendo o produto certo, é preciso conferir lista de ingredientes e fórmula. Já já eu vou te ajudar a identificar esses ingredientes sintéticos pra você ficar bem longe. 

Ingredientes naturais que substituem o flúor.

Agora, um ponto bem importante: a inclusão de ingredientes remineralizantes em pastas de dente é fundamental pra manter a saúde bucal, especialmente quando o flúor não é utilizado. É através desse processo de remineralização que seus dentes vão se manter fortes e livres de cáries. Por isso, uma pasta de dente não pode ser simplesmente sem flúor, ela precisa substituir esse ingrediente por outro de ação semelhante. Felizmente, existem vários ingredientes naturais que podem substituir o flúor, olha só os mais populares: 

  • Hidroxiapatita: é um mineral que compõe a maior parte do esmalte dental e da dentina. Ela é altamente eficaz na remineralização dos dentes, ajudando a reparar pequenas lesões no esmalte e tornando os dentes mais resistentes a cáries. Ela ainda é nanoestruturada e pode se integrar ao esmalte dental, promovendo uma remineralização profunda e duradoura.
  • Carbonato de cálcio: é um agente de limpeza suave que também possui propriedades remineralizantes. Ele ajuda a neutralizar os ácidos na boca, protegendo o esmalte dental e contribuindo pra saúde bucal geral.
  • Fosfato de cálcio: um composto mineral que trabalha em sinergia com outros minerais presentes na saliva pra fortalecer o esmalte e prevenir a desmineralização.
  • Xilitol: apesar de ser um adoçante natural, ele é seguro pros dentes e possui propriedades anticaries. Ele ajuda a reduzir a formação de placa bacteriana e aumenta a produção de saliva, promovendo um ambiente bucal mais saudável.
  • Arginina: um aminoácido que pode ajudar a neutralizar os ácidos produzidos pelas bactérias na boca. Ela também estimula o fluxo de saliva, que é rica em minerais essenciais pra a saúde dos dentes.

Como escolher a melhor pasta de dente sem flúor?

Com tudo o que eu falei, deu pra perceber que escolher uma boa pasta de dente não deveria ser tão simples quanto ir no mercado e pegar qualquer uma — ainda mais se estamos falando de alternativas sem flúor. Mas algumas dicas podem tornar essa escolha mais prática, como examinar o rótulo do produto, procurando por ingredientes remineralizantes, como hidroxiapatita. 

Além disso, escolha pastas de dente que evitam abrasivos agressivos e fique de olho nos selos e certificações dos produtos pra garantir que eles realmente vão ser seguros pra sua saúde bucal. Prepara aí o bloquinho que a gente vai se aprofundar em todos esses temas, anota aí: 


Fique de olho no rótulo! 

Reuni aqui alguns dos principais ingredientes sintéticos usados nas pastas de dente comuns e que podem causar prejuízos pra sua saúde bucal. Então, se ver eles no rótulo da sua pasta, fuja!

  • Lauril Sulfato de Sódio (Sodium Lauryl Sulfate - SLS): usado como agente limpante, é extremamente agressivo e resseca a mucosa da boca, causando até aftas.
  • Triclosan: agente antibacteriano controverso que pode interferir nos hormônios e contribuir pra resistência bacteriana.
  • Parabenos (Parabens): conservantes que podem aparecer como metilparabeno (Methylparaben), etilparabeno (Ethylparaben) ou propilparabeno (Propylparaben), entre outros. Associados a distúrbios hormonais e outros problemas de saúde.
  • Propilenoglicol (Propylene Glycol): utilizado como umectante e solvente, pode causar irritação em pessoas sensíveis.
  • Dietanolamina (Diethanolamine - DEA): utilizada para criar espuma, pode ser irritante e potencialmente cancerígena.
  • Formaldeído (Formaldehyde) e liberadores de formaldeído: conservantes que liberam formaldeído, conhecidos por serem cancerígenos. Podem aparecer como: quaternium-15, DMDM hidantoína (DMDM Hydantoin) e imidazolidinil ureia (Imidazolidinyl Urea).
  • Aromas e Corantes Artificiais (Artificial Flavors and Colors): podem causar reações alérgicas e sensibilidades. Exemplos incluem Blue 1 (Cl 42090) e Red 40 (Cl 16035).
  • PVP (Microplásticos): tóxico pra vida marinha e que é absorvido pelo nosso corpo, se acumulando no organismo. Nas pastas de dente, funciona como o aglutinante, o agente responsável pela textura do produto. Muitas vezes listado como polietileno (Polyethylene) ou polipropileno (Polypropylene).

Certificações e selos de qualidade são importantes.

Ao escolher uma pasta de dente sem flúor, além de verificar os ingredientes, é importante buscar certificações e selos de qualidade que atestem a segurança e eficácia do produto. Essas certificações são emitidas por organizações reconhecidas e podem oferecer uma garantia adicional de que o produto foi testado e aprovado para uso seguro.

A mais conhecida e essencial aqui no Brasil é a recomendação da Associação Brasileira de Odontologia (ABO). Isso significa que a pasta de dente passou por rigorosos testes de qualidade e segurança e é adequada pro uso.

Na dúvida, fale com o seu dentista!

Tomar a decisão de parar de usar pasta de dente com flúor pode ser uma mudança significativa na rotina de higiene bucal e se você ficar com qualquer insegurança, o seu dentista está aí pra orientar. Afinal, o flúor é amplamente reconhecido por sua capacidade de fortalecer o esmalte dos dentes e prevenir cáries, fatores essenciais pra manter a saúde bucal a longo prazo. Então, é normal que você fique com dúvidas ao fazer essa troca. 

Cada pessoa tem necessidades bucais únicas que devem ser avaliadas por um profissional. Por exemplo, pessoas com alto risco de cáries ou com histórico de problemas dentários podem precisar da proteção adicional que o flúor proporciona. E só um dentista pode fazer uma avaliação completa da saúde bucal e recomendar alternativas ou complementos ao uso de pasta de dente com flúor. A consulta com um profissional não só ajuda a personalizar o cuidado dental, mas também vai trazer aquela camadinha extra de tranquilidade ao fazer a sua escolha.

Revolucione sua rotina de higiene bucal: escolha Tabs Dentais.

Você já ouviu falar nos Tabs Dentais? Eles são a versão em pastilha da pasta de dente e ainda são naturais, veganos, livres de crueldade animal e totalmente zero plástico. Esses produtos surgiram como uma alternativa mais prática e mais sustentável pra rotina de cuidados com a higiene bucal. E, claro, eu tenho uma linha completa com 2 tipos de Tabs, Escova de Bambu e acessórios pra te apresentar.

Meus Tabs Dentais foram odontologicamente e clinicamente testados, além de serem recomendados pela ABO, Associação Brasileira de Odontologia. Eles possuem RDA médio entre 60 e 90, com abrasividade menor do que a maioria das pastas de dente comuns do mercado. E cada pacote vem perfeitamente porcionado com 90 unidades de 400mg, garantindo mais praticidade pra sua rotina em casa ou viajando. 

Além disso, eles são anticárie, matam 99,9% das bactérias associadas aos problemas bucais e ainda protegem e suavizam o esmalte dos dentes. Pra completar, são 100% zero plástico, livres de SLS, microplásticos, parabenos, triclosan e outros ativos sintéticos potencialmente nocivos pra gente e pro meio ambiente. Perfeitinhos, né? São duas versões pra você escolher a que melhor se encaixa nas suas necessidades: Tab Dental com flúor e o sem flúor.

Meu Tab Dental sem flúor usa a hidroxiapatita pra substituir esse mineral, ela é totalmente vegana e anticárie e remineraliza os dentes, além de proteger e suavizar o esmalte. Esse ingrediente também é conhecido por ajudar a reduzir a sensibilidade dos dentes. Além desses benefícios, esse Tab Dental também tem todos os que listei logo acima e é a opção perfeita pra quem quer uma rotina mais equilibrada.

Minha linha de higiene bucal também conta com uma Escova de Dentes de Bambu refilável, que reduz ainda mais os descartes da sua rotina. Além de um suporte pra escovas e um Porta-Tabs. Revolucione a sua rotina de oral care hoje!

Compartilhe no Linkedin

Deixe um comentário

promoção
promoção lançamento
promoção lançamento
promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
promoção lançamento
promoção lançamento
promoção lançamento
promoção lançamento
ver todos os produtos