Cosméticos sólidos ou líquidos: quem vence a batalha da sustentabilidade?

Cosméticos sólidos ou líquidos: quem vence a batalha da sustentabilidade?

Vivemos uma nova era em nossos hábitos de consumo, e é clara a tendência de valorização de produtos mais naturais, sustentáveis, alinhados a um estilo de vida minimalista. 


A geração dos millenials tem impulsionado esse movimento ao se preocupar em conhecer a origem dos itens que consomem, bem como seu processo de fabricação e seu impacto no ambiente após o uso - por exemplo, a imensa quantidade de embalagens plásticas descartáveis usadas por alguns produtos se tornou uma grande afronta para esse tipo de consumidor.


Diversas ideias têm ganhado a atenção desse mercado de consumidores mais conscientes, e uma delas é a tendência de cosméticos sólidos, um conceito simples que nos faz indagar “como ninguém pensou nisso antes”?


Cosméticos em barras sólidas são muito mais que uma mera alternativa às versões líquidas: trata-se de uma solução mais eficiente e melhor que a anterior, já que auxiliam na redução do impacto negativo que temos no meio ambiente em nosso dia a dia. 

Hoje em dia, já se sabe que cosméticos em barra são a opção mais sustentável de produtos de higiene pessoal. Para começar, shampoos, sabonetes e condicionadores sólidos não precisam de garrafinhas plásticas, podem vir em embalagens de papel ou papelão, naturalmente biodegradáveis. Ou seja: zero poluição plástica! Em um mundo onde a produção de embalagens plásticas supera a capacidade dos sistemas de coleta seletiva e reciclagem desses materiais, cada garrafa de plástico a menos faz diferença!

Tem mais: cosméticos líquidos são, na verdade, 80% água (em média). É isso mesmo: só 20% do volume desses produtos, efetivamente, é composto pelos ingredientes ativos que produzem algum resultado de limpeza ou hidratação. O restante é água e, muito provavelmente, você já tem água encanada em sua casa. 


Isso mostra que estamos usando combustíveis fósseis para produzir recipientes plásticos que serão transportados ao longo de toda a cadeia logística, consumindo espaço e combustível, para levar, basicamente, água até nossas casas. Água que é usada para diluir os 20% de ingredientes que realmente executam a função que queremos, como lavar ou hidratar. Já as versões sólidas são mais concentradas e, portanto, rendem mais. Parando para pensar, é como se estivéssemos pagando para transportar água até a nossos lares, sem perceber.


Além disso, por não usarem água em sua formulação, os cosméticos em barra tendem a ser naturais, pois não necessitam de muitos conservantes, que em geral são usados para evitar proliferação de fungos e bactérias característicos de ambientes úmidos. 


E claro: vale lembrar que água é um elemento essencial à vida, então processos de produção que usam quantidades menores desse recurso natural – e finito - sempre serão a melhor opção.


Por último, não podemos deixar de destacar como essas barrinhas são práticas para transportar, seja no dia a dia ou em suas viagens! :)


Enfim, a tendência de consumo consciente no mundo é irreversível, e os cosméticos sólidos acompanham essa onda, oferecendo uma solução simples e prática para reduzirmos o impacto negativo que nosso consumo causa no meio ambiente. 


Os shampoos e condicionadores sólidos da B.O.B colaboram para que você mantenha o ambiente e sua consciência mais limpos! Conheça nossos produtos e venha com a gente nesse movimento por um banheiro sem plástico!

Compartilhe no Linkedin

Deixe um comentário

meus produtos

promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
promoção
ver todos os produtos