Pasta de dente com ou sem flúor: qual é a melhor?

Pasta de dente com ou sem flúor: qual é a melhor?

Quando a gente fala de higiene e saúde bucal, é bem comum que tenhamos muitas dúvidas. Apesar desse assunto parecer ser relativamente simples, muitos debates surgiram pra deixar a gente sem saber o que é melhor na hora de cuidar dos dentes. Um dos debates mais comuns é sobre o uso ou não do flúor! E agora, com cada vez mais produtos naturais e em diferentes formatos surgindo no mercado, será que a pasta de dente é o melhor caminho pra saúde bucal?

Segue aqui no blog que hoje eu vou te contar tudo sobre o flúor e ainda te explicar como funcionam os Tabs Dentais — e por quê eles devem ser a sua escolha na hora de escovar os dentes.

Índice

  • O que são Tabs Dentais?

  • Por que usamos flúor?

    • Flúor faz mal?

    • Flúor é poluente?
    • Podemos usar pasta de dente sem flúor?
  • Tab Dental com ou sem flúor: quais as diferenças?

O que são Tabs Dentais?

De forma resumida: os Tabs Dentais são a versão em barra da pasta de dente tradicional. Elas são pequenas pastilhas que são mastigadas antes da escovação, se transformando em uma espuma que ajuda a limpar os dentes. O objetivo desse tipo de produto é ser uma alternativa sustentável, já que geralmente são embaladas em recipientes biodegradáveis ou reutilizáveis e possuem fórmulas mais naturais, reduzindo o impacto ambiental em comparação com as embalagens plásticas dos cremes dentais convencionais. 

Porém, importante destacar aqui, muitas marcas lançam esse tipo de produto, mas excluem o fator sustentabilidade dele. Existem Tabs Dentais no mercado que usam ingredientes sintéticos e embalagens plásticas poluentes, mas isso acaba perdendo todo o propósito inicial desse tipo de produto. Então, fique atenta na hora de comprar o seu Tab Dental e escolha marcas que mantenham o sentido e o DNA do produto.

Além da sustentabilidade, os Tabs Dentais também possuem um ponto a mais de praticidade, tanto pra uso diário, quanto em viagens. É só mastigar, escovar e enxaguar, sem se preocupar com meleca na nécessaire ou na pia, sem pensar na quantidade exata que precisa ser colocada na escova. A simplicidade de uso, combinada com seus benefícios ambientais e de saúde, faz dos Tabs uma opção cada vez melhor pra gente e pro Planeta. 

Leia mais: Já ouviu falar em pastilha dental?


Por que usamos flúor?

O flúor é um dos ingredientes mais usados no ramo da odontologia por suas propriedades comprovadas de prevenção de cáries e fortalecimento do esmalte dos dentes. O trabalho dele na manutenção da saúde bucal é remineralizar os dentes, já que por processos naturais da nossa boca mesmo, eles perdem os minerais essenciais pra se manterem saudáveis. Esse processo ajuda a prevenir a cárie antes que ela se torne visível ou cause danos significativos, além de ajudar a deixar os dentes mais resistentes.

Mesmo que existam outros ingredientes, inclusive naturais, que façam também esse processo de remineralização dos dentes, o flúor é o mais conhecido e eficaz. Por isso, além de ser adicionado a produtos de higiene bucal, ele também é adicionado ao abastecimento de água em muitos lugares como uma medida de saúde pública. Esse processo de fluoretação da água tem sido uma das formas mais eficazes e econômicas de prevenir cáries em populações inteiras. Essa prática tem sido reconhecida por organizações de saúde ao redor do mundo como uma estratégia vital pra promoção da saúde bucal.


Flúor faz mal ou é poluente?

Mesmo que o flúor seja muito reconhecido por seus benefícios pra saúde bucal, o uso excessivo pode levar a algumas preocupações. Uma das principais condições associadas ao consumo excessivo de flúor é a fluorose dental, que acontece durante o desenvolvimento dos dentes em crianças e pode causar manchas brancas nos dentes e, em casos mais graves, manchas marrons e a fragilidade do esmalte. Além da fluorose dental, alguns estudos falam sobre outros problemas de saúde causados pela ingestão de altas doses de flúor, como a fluorose esquelética que afeta os ossos e pode causar dor nas articulações e rigidez. 

Como deu pra perceber, os riscos do flúor estão relacionados com uma ingestão excessiva dele. Mas o consumo médio de flúor é de 0,2 a 3,1 mg pra adultos e 0,5 mg pra crianças — considerando produtos de higiene bucal, água fluoretada e o flúor naturalmente presente em alimentos. Pra acontecer uma intoxicação, o grau de consumo deve ultrapassar a média diária de 5 mg, só que isso é bem difícil de acontecer. Todas as doses que recebemos de flúor no nosso dia a dia são calculadas pra que não aconteça nenhum prejuízo pra nossa saúde, então pode relaxar que o uso desse mineral é feito de forma segura, tá?

Agora, falando sobre poluição, existem muitos debates sobre o impacto do flúor no meio ambiente. Um ponto interessante de mantermos em mente é que, apesar de ser um ingrediente sintético, ele é de origem natural — e está presente até em verduras, legumes e frutas. Além disso, a poluição associada a esse ingrediente não é referente ao seu uso nos nossos produtos de higiene bucal, mas sim ao descarte excessivo de fábricas de fertilizantes em zonas impróprias.

Leia também: Mitos e verdades sobre o flúor.


Podemos usar pasta de dente sem flúor?

Sim, dá pra usar pasta de dente sem flúor e muita gente já opta por essa alternativa. Algumas pessoas preferem evitar o flúor por se preocuparem com a ingestão excessiva, especialmente em crianças pequenas que podem engolir a pasta de dente, enquanto outras podem ter sensibilidades ou alergias ao flúor. Já existem no mercado alternativas sem esse ingrediente e que usam a hidroxiapatita, por exemplo, pra substituir o flúor. 

Um ponto importante que deve ser levado em consideração na hora de escolher uma pasta sem flúor, é olhar o rótulo e ter certeza de que ela leva algum outro ingrediente remineralizante. Esse processo que é feito pelo flúor é essencial pra manter a saúde dos dentes. A hidroxiapatita faz esse processo tão bem quanto o flúor e ainda ajuda a reduzir a sensibilidade dos dentes. 

Ah, não esqueça: é sempre legal tomar a decisão de usar pasta de dente sem flúor falando com o seu dentista antes. Ele pode te ajudar a fazer a melhor escolha e ainda recomendar estratégias adicionais pra proteger os dentes contra cáries. 

Leia mais: Crianças podem usar pasta de dente natural e em barra?


Tab Dental com ou sem flúor: quais as diferenças?

A principal diferença entre os Tabs Dentais com e sem flúor já está aí: o uso ou não desse ativo. Considerando que a maior parte dos Tabs Dentais são naturais, o não uso do flúor ainda torna essas fórmulas 100% naturais, se ele for substituído por um ativo que não seja sintético. No caso da minha linha de higiene bucal, eu substituí o flúor pela hidroxiapatita, que é um ativo 100% natural e vegano. Pra você entender melhor essas diferenças e benefícios, vou te apresentar as minhas duas versões de Tabs Dentais:


  • Tabs Dentais com flúor: pasta de dente vegana, natural e em barra, odontologicamente e clinicamente testado. É recomendada pela ABO, Associação Brasileira de Odontologia, anticárie e bactericida, mata 99,9% das bactérias associadas aos problemas bucais. Além disso, protege e suaviza o esmalte dos dentes com uma fórmula de ingredientes de origem natural. É 100% zero plástico, livre de SLS, microplásticos, parabenos, triclosan e outros ativos sintéticos potencialmente nocivos pra gente e pro meio ambiente.
  • Tabs Dentais sem flúor: pasta de dente vegana, natural e agora em barra, odontologicamente e clinicamente testado. É recomendada pela Associação Brasileira de Odontologia (ABO), previne o aparecimento de cáries, mata 99,9% das bactérias causadoras dos problemas bucais e ainda protege e suaviza o esmalte dos dentes. Sua fórmula 100% natural é totalmente zero plástico, livre de SLS, PVP, parabenos, triclosan, sulfatos e outros sintéticos potencialmente nocivos pra nós e pro Planeta. A hidroxiapatita substitui o flúor e ajuda a reduzir a sensibilidade.
  • Além dessa versão em barra das pastas de dente, a minha linha de oral care ainda conta com uma Escova de Dentes de Bambu refilável. Ela é 100% biodegradável e compostável, com cabo de bambu e cerdas à base de plantas feitas a partir do óleo de rícino. Ela remove a placa bacteriana sem agredir a gengiva e ainda é 100% zero plástico, reduzindo os seus descartes poluentes.

    Viu, só? Usar uma pasta de dente com ou sem flúor não deve impactar negativamente a sua saúde bucal, basta você escolher os produtos certos pra incluir na sua rotina. E nada melhor do que trazer aqueles que têm só os melhores ingredientes de alta performance e que ainda não vão poluir o Planeta, né? Por isso, meus Tabs Dentais são a melhor opção! Tá esperando o que pra revolucionar o seu oral care?

    Compartilhe no Linkedin

    Deixe um comentário

    promoção
    promoção lançamento
    promoção lançamento
    promoção
    promoção
    promoção
    promoção
    promoção
    promoção lançamento
    promoção lançamento
    promoção lançamento
    promoção lançamento
    ver todos os produtos