Banho quente faz mal? Vem entender mais sobre!

Banho quente faz mal? Vem entender mais sobre!

Nada melhor do que chegar em casa depois de um dia cansativo e tomar aquele banho quentinho pra eliminar toda a tensão do corpo, né? Não é de hoje que a gente ouve por aí que a água quente tem o poder de relaxamento e pode até ser que, uma vez ou outra, ela realmente faça bem.

Mas será que entrar debaixo do chuveiro nessa temperatura elevada com frequência é o ideal? Eu decidi investigar mais afundo e descobri que não é lá a melhor ideia do mundo — a real é que faz muito mal pra saúde de todos os tipos de pele e até pro bem-estar no geral.

E claro que pra te deixar por dentro dessas descobertas, eu juntei as informações nesse conteúdo completo onde a gente vai explorar porque o banho quente faz mal, quais os principais problemas que ele causa e qual a melhor temperatura pro chuveiro. Vamos lá?

mulher na banheira bebendo um chá, lendo um livro e com produtos bob

Afinal, o banho quente faz mal?

De modo geral, sim, o banho quente faz mal, especialmente pra pele. Mas aqui vale frisar que essa “quentura” é aquela realmente alta, acima de 40 °C, que chega a deixar o box do banheiro todo embaçado com o vapor. E isso vale pra todo mundo, independente do tipo de pele e, especialmente, se você já tem alguma condição dermatológica, como a rosácea, por exemplo.

O problema acontece por um fator bem simples: a temperatura elevada dilata os poros e remove os óleos naturais e nutrientes que compõem a barreira cutânea protetora — uma camada essencial pra preservar a qualidade da pele. E aí, como consequência, ainda mais se for uma coisa rotineira, o tecido cutâneo fica totalmente exposto, perde o viço, a maciez e até mesmo a saúde.

Mas, além dos problemas na pele, a temperatura alta da água também não é lá muito benéfica pro bem-estar geral do seu organismo. Sabe quando, por exemplo, as pessoas dizem que ficar por muito tempo em uma sauna pode fazer a pressão baixar e você pode passar mal?

Pois bem, o mesmo princípio se aplica ao banho quente, que também pode trazer os mesmos sintomas de mal-estar se for tomado por um período longo — o que já não é uma boa ideia se a gente pensar em todo o desperdício de água.

Aliás, aproveitando o exemplo da sauna, é bem comum que os espaços que fornecem esse serviço recomendem um banho frio após a sessão, justamente pra garantir que os poros se fechem e a pele não fique exposta a agentes externos, como poluição e bactérias. E se a gente leva essa lógica pro banheiro, mais vale reduzir a temperatura dá água de uma vez, né?

Que tipo de problema o banho quente pode causar?

Já deu pra entender que a água muito quente no banho é ruim pra sua pele, mas existem alguns outros problemas que as temperaturas altas podem trazer pra você a longo prazo. Olha só:

1. Deixa a pele propensa a inflamações

Lembra quando eu disse, agora pouco, que a água quente remove a barreira cutânea protetora? Pois essa camada é fundamental pra manter o pH da pele equilibrado e impedir que ela desenvolva inflamações, alergias e condições mais sérias — salvo, é claro, quando o seu organismo já tem algum desses problemas por conta de algum outro fator, como a genética.

Ou seja, sem a barreira protegendo o tecido cutâneo, as chances do seu organismo desenvolver alguma alergia, dermatite ou infecção causada por agentes que entram em contato direto com seu corpo (bactérias e fungos, por exemplo) são muito mais altas.

2. Resseca e desencadeia o efeito rebote

Outro problema causado pelo banho quente é o ressecamento da pele, que acontece porque os poros dilatados não conseguem reter a hidratação natural dela. E, se você expõe o corpo a essas temperaturas altas com frequência, é provável que ele comece a apresentar sinais visíveis de secura e até descamação.

Mas não para por aí: a longo prazo, toda essa falta de hidratação pode desencadear o efeito rebote, que é quando as glândulas sebáceas produzem os óleos naturais da pele em uma proporção maior que o necessário pra tentar repor o que não recebe externamente. E o final a gente já sabe: o excesso de oleosidade obstrui os poros e deixa o tecido cutâneo suscetível à acne.

3. Pode causar problemas capilares

A última consequência que eu vou entrar afundo aqui mostra que não é só jogar água quente no rosto e no corpo faz mal, mas no couro cabeludo também — afinal, ele também é pele! Lavar os fios em temperaturas mais altas pode irritar a região capilar, aumentar a oleosidade, causar caspas, queda, quebra e perda de brilho dos cabelos. Ou seja, nada bom pra sua rotina de scalp care.

Então, qual a temperatura certa pro banho?

Considerando que a temperatura média do corpo humano fica na média de 36º a 37 °C, o ideal é que o banho seja compatível com ela e não passe dos 38 °C, que já é suficiente pra dar aquela relaxada nos músculos e limpar o corpo por completo.

Mas, além da temperatura adequada, é importante que o momento embaixo do chuveiro também tenha outros elementos que favoreçam a manutenção da saúde e aparência da pele. A escolha dos produtos de higiene é a principal delas e é sempre bom dar preferência aos sabonetes naturais em barra, feitos com ativos que atendem às necessidades do seu corpo.

Além de serem muito mais benéficos pra você, eles não trazem nenhum componente potencialmente nocivo pro Planeta — afinal, a gente sabe que uma rotina sustentável começa pelo banheiro.

banho com sabonete em barra bob

E aqui eu também lembro que o banho não pode ser muito demorado não, tá? Isso porque a água é um recurso não-renovável e é sempre importante lembrar de usá-la com cuidado, pois assim a gente garante que as gerações futuras também possam usufruir desse bem tão precioso com a mesma abundância que muitos de nós conseguimos hoje em dia.

E o banho frio: esse tá liberado?

Sim! O banho gelado tá liberadíssimo e traz diversos benefícios pra pele, como a redução da aparência dos poros e a preservação da hidratação natural. Mas claro que você não precisa tomar banho frio todo dia se não quiser, ou se a temperatura te deixar desconfortável: o segredo é sentir o que o seu corpo precisa naquele dia, seja algo mais morninho ou mais fresco.

Até porque, seja qual for o momento da sua rotina, o ideal é sempre encontrar a forma mais equilibrada de viver ela. E, falando nisso, se você quiser aproveitar esse papo pra se jogar debaixo do chuveiro, aproveita pra conferir meu post sobre como montar uma rotina de banho, com dicas que vão deixar tudo ainda mais relaxante.

A gente se fala em breve, até lá!

sabonete natural em barra
Compartilhe no Linkedin

Deixe um comentário

meus produtos

promoção
promoção
ver todos os produtos